Logon
Blog

Quais são os sintomas e tratamentos do pólipo colorretal?

Leia mais e tenha informações seguras sobre saúde.

​​Se você já procurou sobre o assunto e chegou até nosso blog, já tem uma noção do que é pólipo colorretal. Nesse texto, vamos falar sobre causas, sintomas e possíveis tratamentos para a doença.

O pólipo colorretal, ou Adenoma Colorretal, é uma pequena lesão na superfície do cólon ou do reto. Ele se projeta da parede do tubo digestivo para o lúmen, ou seja, para a cavidade.

Os pólipos podem ser planos ou elevados, benignos ou malignos, mas todos eles merecem atenção e cuidados médicos. 

Causas
Estão relacionadas a mutações na divisão celular. Eles surgem quando há erros genéticos que iniciam o crescimento celular desordenado. Por essa razão, os pólipos podem evoluir para casos de câncer. 

Eles podem surgir qualquer região do intestino grosso e, geralmente, quanto maior for o pólipo, maiores as chances de desenvolvimento de câncer na região. 

​Fatores de risco

Apesar de serem causados por alterações celulares, alguns fatores contribuem para que ocorram as mutações. São eles:

Idade: ​a maioria ocorre após os 50 anos;
Inflamações no intestino: Colite Ulcerativa e Doença de Crohn podem contribuir para o surgimento dos pólipos;
Consumo excessivo de álcool;
Consumo de tabaco;
Obesidade;
Sedentarismo;
Diabetes do tipo 2 sem o devido controle;
Histórico familiar;
Raça: Estudos apontam que indivíduos de etnias negras possuem mais chances de desenvolver pólipos.

Sintomas 

Na maioria dos casos, não há sintomas durante o surgimento do pólipo colorretal, a não ser quando o tamanho do pólipo é maior do que dois centímetros, ou quando se trata de um pólipo canceroso. 

O sintoma mais comum é o sangramento retal. Ele surge quando há a presença do pólipo já formado (e, possivelmente, em crescimento). Podem ocorrer sangramentos pouco evidentes, que só são confirmados por exame laboratorial. 

Quando há apresentação de sintomas, são eles:

Sangrame​nto;

Mudança na cor das fezes;
Saída de muco junto às fezes;
Mudanças nos hábitos intestinais;
Dores abdominais, náuseas e vômito.

Quando o pólipo é grande e bloqueia parte do cólon, ocorrem as dores abdominais e mudanças na frequência de idas ao banheiro. Contudo, na maioria dos casos, o pólipo é descoberto antes da obstrução.

Diagnóstico
Os especialistas médicos mais indicados para o diagnóstico são coloproctologistas e gastroenterologistas. Durante a consulta, o médico irá analisar histórico familiar e histórico de doenças. 

Contudo, a única forma de assegurar a existência do pólipo colorretal é por meio dos seguintes exames:

Colonoscopia;
Exame​s de fezes;
Teste de sangue oculto;
Exame de DNA fecal;
Colonografia;
Retossigmoidoscopia.

Tratamentos

O único tratamento é a remoção de todos os pólipos detectados. Contudo, o procedimento pode ser feito de duas diferentes maneiras:

Re​moção durante exame endoscópico, com uso de pinça de biópsia ou laço;
Cirurgia minimamente invasiva, indicada para pólipos pequenos que não podem ser removidos durante o exame.

É fundamental que seja realizada biópsia do pólipo para descobrir se há potencial de câncer. Após a retirada dos pólipos, o paciente precisa 

manter visitas regulares ao médico para acompanhamento do quadro.  

Isso porque pacientes reincidentes possuem mais risco de apresentar câncer de cólon e será necessário realizar colonoscopias com certa frequência. 

​Prevenção e prognóstico
Para evitar o surgimento de pólipos, são recomendadas as seguintes ações:

Abando​no do tabagismo;
Prática de esportes;

Controle do peso corporal;
Alimentação saudável.

Quem apresentou pólipos e fez a retirada pode levar uma vida praticamente normal. Contudo, com algumas restrições, como evitar o cigarro, drogas, consumo excessivo de álcool e alimentos gordurosos.

Atenção, se você passou dos 50 anos e ainda não realizou exames para checagem da saúde do cólon e do reto, procure seu médico de confiança

Assim como qualquer mutação celular, os pólipos podem ser altamente prejudiciais à saúde e, portanto, devem ser diagnosticados e eliminados o mais rápido possível.


​​​

Para marcar consult​as e exa​mes, ligue para 11 3147-9430.



Veja mais