Logon
Blog

Dor nas costas: o que pode ser e quando procurar um médico?

 

Os motivos que podem provocar dor nas costas são diversos, desde problemas posturais até consequência de doenças. O fato de muitas pessoas estarem trabalhando em casa e, em alguns casos, sem o tipo de ambiente adequado para longas jornadas em frente ao computador, pode refletir no surgimento ou aumento das dores nas costas.

O Dr. Fernando Henrique Carlos de Souza, reumatologista do Hospital Nove de Julho, explica, a seguir, quais são os principais problemas de coluna que podem gerar dores nas costas. 

Dor nas costas: o que pode ser? 

De acordo com o Dr. Fernando Henrique Carlos de Souza, “a lombalgia é causada por muitos fatores. Frequentemente, o problema é postural, por uma má posição para se sentar, se deitar, se abaixar ou carregar algum objeto pesado". Em outras situações, as dores nas costas podem ser causadas por inflamação da coluna, tumores, infecção, hérnia de disco, escorregamento de vértebra, artrose (processo degenerativo de uma articulação) e até problemas emocionais. 

Inúmeros fatores de risco contribuem para o desencadeamento e a cronificação das síndromes lombares, como: fatores genéticos, antropológicos e psicossociais; obesidade; tabagismo; atividades profissionais; sedentarismo; maus hábitos posturais; síndromes depressivas; trauma; gravidez e trabalho repetitivo, entre outros. 

Para ter um diagnóstico preciso, busque sempre orientação médica para iniciar o tratamento adequado.

Dor nas costas pode ser sintoma de Covid-19? 

Segundo o médico, “embora não estejam relacionadas diretamente como um sintoma de Covid-19, as dores nas costas estão agrupadas entre os desconfortos musculares que podem surgir durante a infecção pelo novo coronavírus e, principalmente, na síndrome pós-Covid-19. Tal condição é geralmente acompanhada de outros sintomas sabidamente reconhecidos pelo processo infeccioso em questão". Saiba mais sobre dor nas costas como sintoma de Covid-19.

Quais são os sintomas de coluna inflamada?

Os sintomas mais comuns são dor na região lombar, que corresponde à região mais inferior da coluna vertebral, pouco acima das nádegas, na altura da cintura. As dores apresentam-se, inicialmente, de forma discreta e sua intensidade vai aumentando aos poucos e agravando a mobilidade da região. Acompanha comumente essa situação algum grau de contratura muscular.

As crises dolorosas em geral manifestam-se em um ciclo de dor que dura alguns dias, podendo, em certos casos, tornar-se constante ou desaparecer para retornar depois de algum tempo.

Durante a crise dolorosa, a permanência em alguma forma de postura, na maioria dos casos, seja sentado, seja em pé, provoca o aparecimento da dor. A persistência dos sintomas passa a ser um fator extremamente limitante sob o ponto de vista social, afetivo ou profissional, gerando grandes distúrbios secundários, como os de ordem emocional.

Como aliviar a dor nas costas intensa?

Somente um médico, como um reumatologista, por exemplo, pode dizer qual o medicamento mais indicado para cada caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Analgésicos, anti-inflamatórios, relaxantes musculares e/ou neuromodulares podem ser usados na fase dolorosa.

Repouso, fisioterapia e exercícios físicos são recomendados de maneira individualizada.

Obviamente, é fundamental tratar a causa da lombalgia. Posteriormente à fase aguda, a prevenção é o melhor caminho.

Na hérnia de disco, por exemplo, nem todos os casos têm de ser cirúrgicos.

 

Alguns hábitos diários podem, além de aliviar as dores nas costas, também prevenir desconfortos futuros. Veja dicas de como cuidar bem da col​una 

  •  Evite carregar bolsas e mochilas muito pesadas em um lado só do corpo; o peso precisa ser dividido entre os ombros;

  • Quando precisar pegar um objeto pesado do chão, abaixe-se com as pernas flexionadas;

  • Evite dormir de bruços, pois, além de forçar a coluna, essa posição dificulta a respiração;

  • Mantenha as costas retas e encostadas na cadeira ao trabalhar ao computador, além disso, mantenha as pernas para baixo e evite cruzá-las; 

  • Quando estiver dirigindo, mantenha as costas apoiadas no encosto do banco do carro;

  • Use colchão ortopédico ou semiortopédico, adequado a seu peso e altura;

  • Durante a realização de atividades domésticas, evite ficar com tronco totalmente inclinado;

  • Quando estiver caminhando, mantenha as costas retas, o abdome contraído e olhe para a frente;

  • Não use travesseiro nem muito fino, nem muito macio. 

 Quando devo procurar um médico reumatologista?

O médico reumatologista é especializado no diagnóstico e tratamento de doenças reumáticas, ou seja, as que acometem as articulações, o tecido conjuntivo e musculoesquelético, e doenças autoimunes. Ele deve ser procurado por pessoas que estiverem com os seguintes sintomas: dores nas juntas, nas articulações, nos ossos e nos músculos, sobretudo quando a dor for persistente e não motivada por contusões.

Leia mais sobre assuntos relacionados com o tema em:

Fibromialgia

Dores Musculares Sem Motivo​


​​​

Para marcar consult​as e exa​mes, ligue para 11 3147-9430.​​​​​






Veja mais