Logon
Blog

Inflamação no intestino: sintomas e exames que detectam

Saiba mais

​​Quando surgem sintomas como vômitos, sensação de barriga estufada, azia, cólicas, dor abdominal e intestino preso, por exemplo, isso pode ser um alerta de algum problema e inflamação no intestino​. Normalmente, o intestino é afetado por causa do consumo de água ou alimentos contaminados com vírus ou bactérias. Para falar sobre o assunto e explicar sobre sintomas e tratamento, convidamos a Dra. Vanessa Prado, especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo do Hospital Nove de Julho. Confira!

 Quais os sintomas de inflamação no intestino? 

Os primeiros sintomas de uma inflamação no intestino  podem aparecer um pouco depois de ter sido consumido algum alimento contaminado ou levar até cerca de três dias para surgirem. Isso vai depender de cada organismo e também da gravidade da infecção, além de também ter variação com a idade e estado de saúde da pessoa. Vale reforçar que o quadro de inflamação intestinal é mais preocupante em crianças e idosos, devido ao fato de terem o sistema imunológico mais frágil, com mais risco de perda de peso e desidratação. Entre os sinais mais comuns estão: 

  • Vômitos;

  • Dores e cólicas abdominais;

  • Febre;

  • Diarreia, em alguns casos com sangue;

  • Dor de cabeça;

  • Excesso de gases;

  • Perda de apetite.​

As causas podem ser vírus ou bactérias, na grande maioria. Mas existem as doenças inflamatórias intestinais, quando o organismo produz um anticorpo que vai atuar contra o próprio intestino, gerando um processo inflamatório que varia desde leve até muito grave.

 Como são as fezes de infecção intestinal? 

De acordo com a Dra. Vanessa Prado: “as fezes geralmente tem consistência líquida, e com idas ao banheiro mais de três vezes ao dia. As fezes podem conter sangue e muco, que corresponde a um processo inflamatório mais intenso ou de longo prazo".

O que é bom para desinflamar o intestino? 

Entre os principais motivos que causam inflamação no intestino estão doenças como: síndrome do intestino irritável, doença de Crohn, enterite, retocolite, entre outras. Entre as indicações para uma melhor recuperação do intestino inflamado, está a ingestão de comidas leves e de rápida digestão, por provocarem menos irritação ao órgão. Importante salientar também a mastigação adequada, e se alimentar a cada duas horas.

Quanto tempo dura a inflamação? 

A inflamação no intestino pode durar cerca de cinco dias, e os sintomas podem permanecer por até 15 dias. Na maior parte dos casos, o quadro melhora sozinho, principalmente se for causado por vírus ou bactéria. No entanto, é indicada a avaliação médica para diagnóstico e análise da gravidade da inflamação.

Quais as complicações da doença inflamatória intestinal? 

Conforme explica a Dra. Vanessa Prado: “pode gerar febre, inapetência, fraqueza, sangramento e até perfuração intestinal. Por isso, o diagnóstico precisa ser preciso e saber diferenciar um quadro inflamatório agudo (colites) das doenças inflamatórias intestinais".

Qual a alimentação recomendada para alguém com intestino inflamado? 

Pessoas em tratamento da inflamação no intestino precisam beber bastante água para repor os líquidos em decorrência dos vômitos e diarreias, e consumir alimentos leves e de fácil digestão. Prefira os alimentos pastosos, como legumes cozidos, frutas e carnes magras. Além disso, deve-se evitar o consumo do açúcar refinado, doces, frituras e alimentos com gordura. Mas apenas depois de uma avaliação médica é possível ter um diagnóstico e a indicação de um tratamento adequado.

 

Já o consumo frutas e legumes com casca deve ser evitado durante a permanência de diarreia, pois as fibras favorecem o aumento do sintoma. Além disso, devem-se evitar alimentos gordurosos, manteiga, carnes vermelhas, leite integral, queijos amarelos, bacon, linguiça, alimentos processados e condimentados. Evitar bebida alcoólica e também os que aumentam a produção de gases como feijão, milho, ovo, repolho, entre outros.

Tratamento e exames que detectam 

Para tratar os sintomas de uma inflamação intestinal é fundamental que a indicação seja feita por um médico, que avaliará o grau da inflamação. Normalmente, a pessoa deverá ficar em repouso, beber muita água e manter uma alimentação leve, como mencionado anteriormente. O médico poderá indicar também o uso de medicamentos para eliminar o agente infeccioso, de acordo com cada caso. Já em casos mais graves, pode ser necessária internação para hidratação via endovenosa, principalmente nos idosos e crianças.

 

Os exames realizados são: tomografia, colonoscopia e exames específicos como a calprotectina fecal.

 

“Através do Centro de Doenças Inflamatórias Intestinais, os pacientes são atendidos e tratados de forma adequada, desde uma diarreia viral até uma doença inflamatória intestinal​. No Hospital Nove de Julho é feito o diagnóstico através de uma colonoscopia e exames adicionais necessários".

 

A médica explica ainda que: “o tratamento mais moderno para a doença inflamatória intestinal consiste no uso de remédio endovenoso, evitando que o paciente tome vários comprimidos e melhorando sua qualidade de vida."


​​

Para marcar consult​as e exa​mes, ligue para 11 3147-9430.​​​​​




Veja mais