Logon
Blog

Novembro Azul: saiba como prevenir o câncer de próstata

Leia mais e tenha informações seguras sobre saúde.

​​​Durante este mês países do mundo todo se unem novamente em torno de uma causa nobre para a saúde pública: a campanha Novembro Azul tem como objetivo conscientizar a população masculina sobre a prevenção e a detecção precoce do câncer de próstata. E toda essa mobilização tem um fundamento.

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre homens, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma e acomete um a cada seis indivíduos. Estima-se que até o fim deste ano quase 69 mil casos sejam diagnosticados.

O principal objetivo desta campanha mundial é romper com o estigma que mantém os homens afastados do consultório do urologista. Para eles, o exame de toque, principal método para detecção precoce do câncer de próstata é um tabu difícil de ser vencido.

Entretanto, pesquisas indicam que as chances de cura aumentam em 80% a 95% quando a detecção é precoce. Por isso, recomenda-se que homens a partir dos 40 anos realizem o exame com frequência, aumentando a atenção a cada década, pois a incidência tende a aumentar progressivamente. Para se ter uma ideia, três quartos dos casos acontecem a partir dos 65 anos. Homens com histórico familiar também devem redobrar a atenção.

As mulheres também desempenham um papel fundamental na saúde dos maridos: mais da metade das consultas são agendadas por elas. O acompanhamento e apoio da família também são essenciais para o sucesso do tratamento.

Por ser uma doença de início silencioso, a detecção precoce depende do exame. É nesta fase que as chances de cura são máximas. Num estágio mais avançado, alguns sintomas ajudam o paciente a perceber sinais da doença:

1) Dor nos testículos

2) Dor ao urinar

3) Jato da urina enfraquecido

4) Dificuldade de urinar

5) Necessidade de urinar imediatamente

6) Sensação de que a bexiga não esvaziou completamente ao urinar

7) Dor ao ejacular

8) Dor nos ossos

Prevenção e Diagnóstico

Estudos mostram que homens que abusam de bebidas alcoólicas e os fumantes têm maior risco de desenvolver a doença. Da mesma forma, obesos e homens com sobrepeso fazem parte do grupo de risco, por isso, apesar de não haver uma relação direta com a prevenção de câncer, uma alimentação balanceada, rica em frutas, verduras e grãos ajuda a prevenir todos os tipos de câncer – e uma série de outras doenças crônicas – por evitar o sobrepeso.

A partir dos 45 anos todo homem deve fazer anualmente o exame de PSA (feito com coleta de sangue) e o toque retal. Pelos exames preventivos, 20% dos casos são diagnosticados na fase inicial.

Tratamento

O tratamento da doença varia de acordo com o paciente e o grau de desenvolvimento do tumor. Entre as possibilidades estão radioterapia, quimioterapia ou cirurgia. Fique atento e não deixe de procurar o seu médico!

Dr. Edgard Romanato é urologista do H9J.

​​​​

​Para marcar consult​as e exa​mes, ligue para 11 3147-9430.​​​​


Veja mais